O caminho que você escolheu é cheio de desafios, mas pode se tornar bem mais suave se você puder contar com o apoio de seus familiares, professores e amigos. Infelizmente, esse apoio pode se tornar mais difícil devido à palavra "hacker", que, para a maioria das pessoas que estão fora de nossa comunidade, está vagamente associada à idéia de invasões em computadores ou, menos incorretamente, aos interessados em segurança de computadores.

YAGO: É. Eu sempre achei que Hacker invadia computadores...

HACKER IP: Devido ao contínuo mau uso dessa palavra pela imprensa, pelos filmes e até pelos jogos de computador, não fique surpreso se alguém olhar para você de forma estranha ao saber que você pretende tornar-se um hacker.

Mas, como nos jogos de computador que você usava até semanas atrás para se manter ocupado, você pode escapar dessa dificuldade se estiver preparado. E essa preparação passa por duas fases.

YAGO: E quais são as duas fases?

HACKER IP: A primeira delas é estar pronto para explicar que a palavra certa para descrever as pessoas que dedicam-se a explorar e invadir computadores é "cracker" - e que a maioria dos hackers só se envolve com esse tipo de assunto para saber como se proteger e se defender dos crackers, e não para contra-atacar, revidar ou realizar suas próprias explorações. Tente não perder muito tempo com essa primeira fase, pois a segunda é muito mais extensa e complexa.

YAGO: Qual é a segunda fase?

HACKER IP: Na segunda fase, aproveite a oportunidade para dar uma rápida explicação sobre o que significa de fato ser um hacker. Se você conseguir ser ouvido até o fim, verá que a maior parte das pessoas se identificará com as características e as atitudes dos hackers. Você não precisa dizer, mas é importante que você compreenda que, embora haja uma comunidade de hackers, não existe uma organização central que possa falar em nome deles, definir oficialmente o que ele é, ou ainda dizer quem é ou não um hacker.

YAGO: Como assim?

HACKER IP: De modo geral, os hackers podem ser identificados por alguns traços em comum: a aptidão tecnológica, o gosto por resolver problemas e o interesse em ultrapassar os limites da tecnologia. Essa descrição aplica-se tanto a pessoas como Linus Torvalds (o criador do Linux), quanto a quem desenvolve uma forma simples de renomear todas as fotos do diretório de uma câmera digital (com nomes que façam sentido!), ou ainda a alguém que domina a arte de descobrir a origem real dos spams e vírus que chegam diariamente à nossas caixas postais, entre muitos outros.

 

 

realização:
4LINUX
apoio:
Instituto Ibi
HackerTeen
Rua Teixeira da Silva, 660
São Paulo, SP, 04002-033 Brasil
Tel: +55 11 2125-4747