Maddog faz palestra sobre o mercado de TI para alunos do HackerTeen

“É preciso muito conhecimento para dominar a tecnologia e o software livre permite que isso seja feito mais rápido”

Maddog faz palestra sobre o mercado de TI para alunos do HackerTeen Jon “Maddog” Hall, considerado o embaixador do Linux no mundo, ministrou palestra aos alunos do HackerTeen na manhã do dia 22 de maio de 2006. O presidente do Linux International falou sobre o mercado de trabalho em tecnologia da informação, com dicas e exemplos práticos. Ouvindo-o atentamente, estiveram presentes cerca de 40 estudantes.

Maddog ressaltou que o momento atual é favorável aos profissionais de programação e administração de sistemas, pois os antigos super computadores eram grandes, lentos e caros – “do tamanho de salas e carros” – e hoje isso mudou radicalmente, o que reflete na ampliação do mercado de trabalho, pois as empresas cada vez mais fazem uso da teconologia.

Para criar carros, por exemplo, a indústria precisa de animações que simulem os acidentes e tudo isso é feito em computadores com vários processadores trabalhando. “Os testes reais seriam muito mais caros, imaginem uma Ferrari batendo em um poste a cada teste”, comparou Maddog.

Outro exemplo apresentado por Maddog, ressaltando o crescente uso da tecnologia, foi do filme Titanic. Para realizar os efeitos especiais foram utilizados 1.060 processadores, que levaram um ano para reindexar todas as imagens das cenas. Se tudo isso fosse feito com apenas um computador, demoraria 165 anos. “Talvez o Leonardo de Caprio não fosse mais um galã”, brincou.

Sem dúvida, é necessário ter muito conhecimento para dominar tais tecnologias, corrigindo e detectando falhas, alertou Maddog, que logo em seguida apontou uma boa notícia aos jovens alunos do HackerTeen: “o software livre tem o código aberto e por isso permite que se adquira esse conhecimento muito mais rápido”.

“Eu sou um neurocirurgião e seu negócio é o cérebro, quanto você vai me pagar por isso?”, ressaltou Maddog, para destacar o fato de que o conhecimento reflete decisivamente nos salários dos profissionais de TI.

“Quando comecei com computadores não existia esse negócio chamado rede”, lembrou Maddog, acrescentando que hoje ela é tão importante quanto o próprio computador. Disse também que a administração de redes é algo extremamente necessário nas empresas e os profissionais da área são muito respeitados, pois avaliam novas tecnologias e propõem mudanças que refletem em todo o sistema da empresa.

Reconhecido internacionalmente pela defesa do Linux, Maddog não deixou de falar sobre o sistema operacional livre. “Na indústria de TI, ser aberto significa documentar e, muito além disso, significa dizer que até sua concorrência deve saber seus códigos”, esclareceu Maddog, que apresentou um dado animador para os estudantes: 60% dos 500 computadores mais rápidos do mundo rodam Linux.

Destacou ainda um mercado que cada vez mais se amplia: o de segurança da computação. “Antes segurança significava a porta que trancava a sala dos computadores e hoje é algo extremamente importante e trabalha junto com a administração de sistemas”, lembrou Maddog.

Como último conselho, Maddog lembrou aos alunos do HackerTeen a importância do polivalência para se tornar um profissional de sucesso. “Muitas pessoas acham que aprender uma linguagem de programação basta, mas é preciso ter muito mais: bons conhecimentos de software, hardware e ter bons relacionamentos interpessoais, pois lidarão com pessoas também”.


Departamento de Comunicação:
Cláudia Souza Bom

Voltar

 

 

realização:
4LINUX
apoio:
Instituto Ibi
HackerTeen
Rua Teixeira da Silva, 660
São Paulo, SP, 04002-033 Brasil
Tel: +55 11 2125-4747