Liberdade Hacker

O que define um hacker? Por que alguns são chamados de hackers e outros não? Primeiro, é preciso lembrar que hackers não são crackers. A mídia e algumas empresas de software proprietário começaram a divulgar que hackers são aqueles que invadem redes e computadores para retirar informações ou criar algum tipo de dano. Isto aconteceu exatamente porque alguns empresários não queriam que a cultura hacker se expandisse entre os jovens e ganhasse muitos adeptos na sociedade. Mas, por que?

Toda cultura é constituída de valores. Também podemos afirmar que vários grupos e comunidades possuem uma cultura própria. Os hackers são pessoas que possuem um conjunto de valores muito especiais. São estes valores que os definem como uma comunidade tão importante na sociedade da informação.

Os valores mais importantes para um hacker é a liberdade e a colaboração. Pekka Himanen, estudioso das comunidades hackers, observou que para um hacker o lazer totalmente controlado e rotineiro é tão chato como o trabalho realizado por obrigação. O hacker adora encontrar grandes desafios em que possa usar livremente sua inteligência para superá-los. Por isso, ele muitas vezes fica várias horas tentando resolver um problema até superá-lo. Muitas vezes, o hacker descobre que para vencer um obstáculo, ele precisa aprender uma nova linguagem de programação. E o que ele faz? Ele aprende. Não porque alguém mandou, mas porque ele precisa vencer suas limitações. Ele adora a liberdade.

Quando um hacker vence seu desafio, em geral, ele compartilha o resultado. Ele avisa a comunidade que conseguiu solucionar um problema ou criar algo muito difícil e explica como foi feito. Exatamente, aí que o hacker obtém reconhecimento dos demais hackers. Compartilhar e ajudar os outros passou a ser um dos principais valores da comunidade hacker. Imagine, a irritação de pessoas que queriam controlar o conhecimento para ganhar muito dinheiro. Por isso, estas pessoas passaram a difamar os hackers e a dizer que eles violavam a lei. Richard Stallman, um dos hackers mais importantes, lançou a idéia do software livre, aberto e não-proprietário. No começo tantaram dizer que o software livre violava a lei, depois combateram dizendo que não funcionava, hoje, da Nasa à Casa Branca usam softwares desenvolvidos livremente por hackers.

Para encerrar esta conversa, tenho uma pergunta desafiadora: por que a liberdade depende do conhecimento? Por que para sermos livres precisamos conhecer?


Sergio Amadeu
Sociólogo

Back

 

 

realização:
4LINUX
apoio:
Instituto Ibi
HackerTeen
Rua Teixeira da Silva, 660
São Paulo, SP, 04002-033 Brasil
Tel: +55 11 2125-4747